Como saber onde o MySQL está armazenando os dados de seus bancos de dados?

Depois de uma atualização desastrosa no Ubuntu, o MySQL não consegue mais iniciar. Então, a única forma de resolver este problema é reinstalando o linux. Mas como salvar as informações armazenadas no banco de dados se não é possível inicializar o servidor MySQL para fazer o backup dos dados? Bem, as sugestões encontradas na Internet é para que seja feito o backup dos dados (copiando os arquivos datafiles) e depois sobrescrevessem os dados de uma nova instalação.

Mas onde estão os dados do MySQL?

A solução é simples:

Encontre o arquivo “my.cnf” (ou my.ini, se você estiver usando o Windows), utilizando o comando find do linux:

find / -name my.cnf

Em servidores que utilizam a configuração padrão, este arquivo se encontra na pasta “/etc/mysql/my.cnf”. Visualize o conteúdo deste arquivo, utilizando o comando cat:

cat /etc/mysql/my.cnf

Dentro do conteúdo deste arquivo, procure a variável “datadir”, o valor atribuído a ela é onde se localiza os dados armazenados (ex: /var/lib/mysql).

Pronto! Para copiar o arquivo é simples, modifique as permissões desta pasta inteira (recursivamente), compacte-a e mova para a pasta que você consiga acessar pelo cliente FTP (por exemplo, a pasta padrão do servidor web). Mude a permissão deste arquivo para conseguir copiar os dados pelo FTP.

chmod -R 777 /var/lib/mysql
tar -zcvf /var/lib/mysqldata.tar.gz /var/lib/mysql
mv /var/lib/mysqldata.tar.gz /var/www
chmod 777 /var/www/mysqldata.tar.gz

Agora, caso deseje restaurar o banco de dados é só seguir os seguintes passos:

  • Instale um novo servidor MySQL e teste para saber se ele está inicializando
  • Crie no novo servidor o banco de dados desejado (ele deve ter o nome exato do banco de dados antigo
  • Pare o servidor do MySQL
  • Sobrescreva a pasta que o MySQL criou para este banco utilizando a pasta contida dentro do arquivo de backup.
  • Inicialize o novo servidor MySQL
  • Banco de dados restaurado!

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *