Arquivo da categoria: Ministério da Previdência Social

Guia Definitivo do SIPREV/Gestão RPPS

É uma ferramenta gratuita de Gestão das informações referentes a servidores públicos, ativos, aposentados, pensionistas e dependentes, da União, Estados, Distrito Federal e Municípios que possuam Regime Próprio de Previdência Social – RPPS. Armazena informações previdenciárias (vínculos funcionais, tempos de contribuição, aposentadorias adquiridas, histórico funcional, cargos e carreiras), informações financeiras (valor de contribuições previdenciárias e benefícios recebidos). Estão disponíveis as funcionalidade de emissão de Certidão de Tempo de Contribuição CTC, tempos para aposentadoria, Censo Previdenciário e Simulação de Aposentadorias.

Para mais informações, consultar a página do SIPREV.

Todos os anos, no mês de setembro, o ente público é obrigado a enviar os dados atualizados para o Ministério da Previdência Social.

Instalando a nova versão do SIPREV/Gestão RPPS

Todos os anos a DATAPREV faz modificações nos Layouts dos arquivos de exportação de dados e para comportá-las é necessário atualizar localmente a versão do aplicativo SIPREV/Gestão RPPS.

Versões do SIPREV utilizadas:

  • 2013: 2.02.00;
  • 2014: 2.03.00;
  • 2015: 2.04.01;
  • 2016: 2.07.01.

Para realizar a instalação da nova versão, siga o passo a passo abaixo:

01) Acesse a página do SIPREV/Gestão RPPS e verifique qual a versão mais nova do instalador disponibilizado por eles.

02) Verifique se você já possui instalado em sua máquina a versão mais nova

03) Instale a versão recomendada do java (atualmente a JDK 1.6.0_45);

04) Defina a variável de ambiente JAVA_HOME = C:Program FilesJavajdk1.6.0_45

05) Defina a variável de ambiente JRE_HOME = C:Program FilesJavajdk1.6.0_45JRE

06) Realize a instalação do programa na pasta C:SIPREV (O aplicativo não consegue lidar bem com pastas que contenham espaços no nome);

07) Execute no “executar” do windows o aplicativo “services.msc” e configure para que a inicialização dos serviços “Apache Tomcat SIPREVASv1” e “Postgresql SIPREVv1” seja automática (Este último talvez já esteja inicializado); Caso tenha algum problema na inicialização do serviço instale os componentes sugeridos no manual de instalação.

08) Se o contexto do SIPREV não for inicializado, provavelmente existe um conflito de versões do Java.

09) Caso esteja ocorrendo o problema de contexto não inicializado (“HTTP Status 404 – /SIPREV”). Edite o serviço “Apache Tomcat SIPREVASv1” para utilizar a versão recomendada do java. Para realizar isso, execute o comando abaixo na pasta do Tomcat do SIPREV:


C:SIPREVapache-tomcat-7.0.47bin>tomcat7w //ES//SIPREVASv1

10) Execute o SIPREV Gestão a partir do ícone na área de trabalho “Acessar SIPREV”. Caso deseje apenas importar os arquivos XML gerados por suas aplicações, utilize o ícone “SIPREV Desktop” efetuando o login no módulo importador com o usuário “admin” e senha “123456”.

O que você achou deste guia? Ainda tem algum Dúvida? Gostaria de sugerir alguma modificação? Escreva nos comentários!

Processo de Exportação de dados para o SIPREV/Gestão RPPS

O Ministério da Previdência exige que as seguintes informações sejam enviadas para eles, e o layout de cada aqruivo pode ser encontrada na seção “Documentos – Manuais – Leiautes de Importação” na página oficial do SIPREV/Gestão RPPS:

  • 1. Servidor: Dados dos Servidores ativos, abrangidos tanto pelo RPPS do Ente Federativo quanto pelo RGPS e vinculados aos diversos órgãos ou unidades administrativas, seja do poder Executivo, Legislativo ou Judiciário.
  • 2. Dependente: Dados dos Dependentes abrangidos pelo RPPS do Ente Federativo. Estes estarão vinculados aos Servidores através de dependências.
  • 3. Pensionista: Dados dos Pensionistas abrangidos pelo RPPS do Ente Federativo. Estes estarão vinculados aos Servidores através de dependências.
  • 4. Alíquota: Dados das Alíquotas do ente federativo.
  • 5. Órgão: Dados dos Órgãos do Ente Federativo, seja do poder Executivo, Legislativo ou Judiciário, além das de qualquer Esfera ou Natureza Jurídica.
  • 6. Carreira: Dados das Carreiras dos Órgãos do Ente Federativo, seja do poder Executivo, Legislativo ou Judiciário, além das de qualquer Esfera ou Natureza Jurídica.
  • 7. Cargo: Dados dos Cargos das Carreiras vinculadas à um Órgão do Ente Federativo.
  • 8. Vínculo Funcional: Dados dos Vínculos Funcionais dos Servidores ativos, abrangidos tanto pelo RPPS do Ente Federativo quanto pelo RGPS e vinculados aos diversos órgãos ou unidades administrativas, seja do poder Executivo, Legislativo ou Judiciário.
  • 9. Histórico Financeiro: Dados dos Históricos Financeiros dos Servidores ativos do RPPS do Ente Federativo vinculados aos diversos órgãos ou unidades administrativas, seja do poder Executivo, Legislativo ou Judiciário.
  • 10. Benefício do Servidor: Dados dos benefícios dos servidores públicos vinculados ao ente federativo.
  • 11. Benefício do Pensionista: Dados dos benefícios dos pensionistas e dependentes dos servidores públicos vinculados ao ente federativo.
  • 12. Tempo de Contribuição RGPS: Dados dos tempos de contribuição no RGPS dos servidores públicos vinculados ao ente federativo. Ou seja, os tempos averbados dos servidores de quando eles trabalhavam na iniciativa privada.
  • 13. Tempo de Contribuição em Outro RPPS: Dados dos tempos de contribuição em outros RPPS dos servidores públicos vinculados ao ente federativo. Ou seja, os tempos averbados dos servidores de quando eles trabalhavam em outros órgãos públicos.
  • 14. Tempo Fictício: Dados dos Tempos Fictícios dos servidores públicos vinculados ao ente federativo. Tempo Fictício é o tempo não trabalhado ganho para aposentadoria. Exemplo: A licença prêmio fornecia a cada servidor 3 meses para cada 5 anos trabalhados, estes três meses são considerados como tempo fictício.
  • 15. Tempo sem Contribuição: Dados dos Tempos sem Contribuição dos servidores públicos vinculados ao ente federativo. Tempo sem contribuição é o tempo em que o servidor está em uma licença não remunerada. Por exemplo: Licença para Tratar de Interesses Particulares
  • 16. Função Gratificada: Dados das funções gratificadas dos servidores públicos vinculados ao ente federativo.

Estes XMLs deverão ser importados para o SIPREV/Gestão RPPS, recomendo que não seja feita a importação de todos os arquivos de uma vez. Como é um processo onde pode ocorrer conflito de informações ou erros de layout, recomendo que para cada arquivo importado com sucesso seja feito um backup de toda a pasta “C:SIPREV”. Assim, caso ocorra um erro no próximo arquivo, basta restaurar a pasta com a cópia de segurança anterior.

Backup da Pasta “C:SIPREV”

Para realizar o backup com segurança, recomendo que os serviços do SIPREV/Gestão RPPS seja paralizados temporariamente. Para isso digite no prompt do DOS, os comandos:


net stop "Postgresql SIPREVv1"
net stop "SIPREVASv1"

Agora, compacte a pasta C:SIPREV para um arquivo zip, recomendo utilizar a nomenclatura: “2016.09.01 – SIPREV – 01. Servidor.zip” (Neste caso informo que foi realizado no dia 01 de Janeiro de 2016 o backup do sistema contendo as informações importadas até o item “1. Servidor”

Finalizada a operação de Backup, reinicialize os serviços do SIPREV/Gestão RPPS utilizando os seguintes comandos no prompt do DOS:


net start "Postgresql SIPREVv1"
net start "SIPREVASv1"

Envio de Dados para o Ministério do Planejamento

Após a finalização da importação dos arquivos, será necessário o envio da base de dados do SIPREV/Gestão RPPS para o Ministério do Planejamento. Eles exigem que isto seja feito enviando o backup da base de dados.

O Backup da base de dados deve ser realizado pelo aplicativo freeware pgAdmin. Siga os passos abaixo:

01) Adicione um novo servidor seguindo as informações da imagem abaixo

02) Acesse o servidor local, e a base de dados siprev_gestão

03) Com o botão direito selecione a opção “Backup” (Cópia de segurança), preencha o nome do arquivo (seguindo o padrão definido pelo Ministério da Previdência Social e clique em “Backup”.

04) Envie o arquivo de backup para utilizando o Sistema GIS (observação, só é possível acessá-lo utilizando o Internet Explorer).

05) Após efetua o login com a sua senha, clique em “Envio da Caixa de Correio”, selecione a caixa de correio “/siprev_/upload”, selecione a base de dados a ser enviada e clique em ir. O envio é bem rápido, parece até que não foi enviado, mas é só verificar na pasta recibo se foi gerado o arquivo antes de querer fazer uma nova tentativa.

06) Agora é fazer o download do recibo e guardá-lo para sua segurança, como prova de que seus dados foram enviados.

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).