Arquivo da categoria: Notícias

Novo roubo de informações do Yahoo!

Yahoo revelou mais um roubo de informações, dessa vez foram informações de 1 bilhão de contas. Detalhe: A empresa ACREDITA que as informações bancárias não foram roubadas. O New York Times ainda comentou que este pacote de informações estava sendo vendido na Deep Web por US$ 300 mil… Continue lendo

Nascido em salvador, mas residindo atualmente em São Paulo-SP e Rio de Janeiro-RJ. É graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

Biometria pode liberar eleitor para votar em qualquer seção

A utilização da biometria para identificar os eleitores no momento da votação pode abrir caminho para uma nova organização do sistema eleitoral no país, tornando o processo ainda mais seguro e fácil, conforme Leonardo Barreto, cientista político da Universidade de Brasília (UnB). Para ele, será possível, por exemplo, o eleitor votar em qualquer seção eleitoral.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a tecnologia que permite identificar o eleitor por meio de suas impressões digitais será ser utilizada nas eleições deste ano por aproximadamente 7,7 milhões de pessoas em 299 municípios. A expectativa do TSE é que até 2018 todos os eleitores brasileiros possam votar após identificação pelas digitais.

“Ainda não há nenhuma posição do TSE nessa direção, mas uma das possibilidades que a biometria traz é a reorganização de todo o sistema de votação, com a eliminação da necessidade de os eleitores comparecerem a zonas e seções eleitorais específicas. Com a biometria, você pode votar em qualquer lugar, porque haverá um banco de dados disponível em todos os lugares [de votação]”, explicou.

Segundo Barreto, embora uma das possíveis consequências seja a maior comodidade para o eleitor, que poderá escolher onde votar, o principal ganho é o aumento da segurança do processo.

“Sem dúvida esta nova organização eliminaria uma fonte de coronelismo político. Com o nível de detalhamento que existe hoje, sabendo-se exatamente onde cada pessoa confirma sua escolha, há candidatos que pressionam eleitores a garantir determinado número de votos nas seções onde estão cadastrados. Sem a estipulação de zonas e seções, perde-se esse tipo de controle”, disse.

De acordo com o TSE, o uso da biometria para identificação dos eleitores foi implementado de forma pioneira nas eleições municipais de 2008 nas cidades de Colorado do Oeste (RO), Fátima do Sul (MS) e São João Batista (SC). Em 2010, o sistema foi utilizado por mais de 1,1 milhão de eleitores de 60 municípios em 23 estados.

Fonte: Revista Info

Nascido em salvador, mas residindo atualmente em São Paulo-SP e Rio de Janeiro-RJ. É graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

Plano Agressivo do Quênia para silenciar telefones celulares “ilegais”

Procurando por uma maneira inovadora de acabar com o mal-estar social – e ao mesmo tempo conseguir gerar um monte de novas receitas para fabricantes de telefones móveis? É fácil. Declare milhões de telefones como "Ilegais" e desligue-os.

Isto é o que vai acontecer no dia 30 de setembro no Quênia, cujos líderes se dizem chocados ao descobrir que os telefones celulares podem vazar quantidades perigosas de radiação, especialmente se eles forem telefones falsificados.

Então, para proteger a saúde de seus 29 milhões de proprietarios de celular – como também a saúde das companias “lesadas” por estas falsificações – incluindo Samsung e Nokia – o governo queniano diz que está desligando todos os cartões SIM não autorizados até o fim do mês.

O Comitê de Comunicações do Quênia disse que um em cada 10 telefones móveis desta nação africana conflituosa são tão falsos quanto as bolsas Gucci vendidas nas esquinas de Manhattan.

A agência também disse que livrando a população de falsificações irá ajudar proteger o país da ameaça do terrorismo, desordem pública e violência política.

Telefones falsificados são mais difíceis de rastrear do que àqueles originais, além disso, eles são mais propensos a estar nas mãos de criminosos. Dos pobres e excluídos, também, mas principalmente criminosos – que planejam seus crimes em seus telefones. Pelo menos é essa a história contada pelo governo.

Coincidentemente, o Quênia está se preparando para sua próxima rodada de eleições, em março, após tumultos na última eleição que mataram mais de 1,000 pessoas.

Ignorando a improvável ideia de que o governo estaria tentando sufocar dissidentes políticos, o plano poderá criar um mercado de aproximadamente 3 milhões de vendas para os fabricantes de telefones telefone, algo que esforçada e inocente Nokia pode ter percebido.

Fonte: ReadWriteWeb

Nascido em salvador, mas residindo atualmente em São Paulo-SP e Rio de Janeiro-RJ. É graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).