Arquivo da categoria: Qualidade de Serviço (QoS)

O que é Tráfego não-Elástico?

Tráfego não-elástico é o tipo de tráfego que não se adapta facilmente a mudanças de atraso (delay) e taxa de transferência (throughput). Exemplo: comunicação em tempo real, como voz e vídeo. Os requisitos para o tráfego não elástico podem incluir: taxa de transferência mínima, taxa de sensibilidade ao atraso, suporte a um limite alto de variação de atraso, suporte a altas taxas de pacotes perdidos.

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

O que é Tráfego Elástico?

Tráfego Elástico é o tipo de tráfego de rede cujo aplicação pode ser ajustar a grandes mudanças de atraso (delay) e taxa de transferência (throughput). Exemplo: transferência de arquivos, envio e recebimento de e-mail eletrônico, logon remoto, gerenciamento de rede, e acesso web.

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

O que é IntServ?

Serviços Integrados (IntServ – Integrated Services) é um dos modelos de implementação do QoS. É baseado na reserva de recursos da rede antes mesmo de iniciada a troca de dados.

A reserva de largura de banda da rede é realizada utilizando o protocolo RSVP.

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).