Arquivo da tag: Engenharia de Software

Quais os benefícios da Análise de Pontos de Função?

Pode-se destacar vários benefícios da aplicação da análise de pontos de função nas organizações:

  • Uma ferramenta para determinar o tamanho de um pacote adquirido, através da contagem de todas as funções incluídas.
  • Provê auxílio aos usuários na determinação dos benefícios de um pacote para sua organização, através da contagem das funções que especificamente correspondem aos seus requisitos. Ao avaliar o custo do pacote, o tamanho das funções que serão efetivamente utilizadas, a produtividade e o custo da própria equipe é possível realizar uma análise do tipo "make or buy".
  • Suporta a análise de produtividade e qualidade, seja diretamente ou em conjunto com outras métricas como esforço, defeitos e custo. Porém se o processo de desenvolvimento da organização for caótico (cada projeto é desenvolvido de forma diferente), mesmo que a contagem dos pontos de função do projeto e o registro do esforço tenham sido feitos de forma correta, a análise da produtividade entre os projetos será prejudicada.
  • Apóia o gerenciamento de escopo de projetos. Um desafio de todo gerente de projetos é controlar o "scope creep", ou aumento de seu escopo. Ao realizar estimativas e medições dos pontos de função do projeto em cada fase do seu ciclo de vida é possível determinar se os requisitos funcionais cresceram ou diminuíram; e se esta variação corresponde a novos requisitos ou a requisitos já existentes e que foram apenas mais detalhados.
  • Complementa o gerenciamento dos requisitos ao auxiliar na verificação da solidez e completeza dos requisitos especificados. O processo de contagem de pontos de função favorece uma análise sistemática e estruturada da especificação de requisitos e traz benefícios semelhantes a uma revisão em pares do mesmo.
  • Um meio de estimar custo e recursos para o desenvolvimento e manutenção de software. Através da realização de uma contagem ou estimativa de pontos de função no início do ciclo de vida de um projeto de software, é possível determinar seu tamanho funcional. Esta medida pode ser então utilizada como entrada para diversos modelos de estimativa de esforço, prazo e custo.
  • Uma ferramenta para fundamentar a negociação de contratos. Pode-se utilizar pontos de função para gerar diversos indicadores de níveis de serviço (SLA – "Service Level Agreement") em contratos de desenvolvimento e manutenção de sistemas. Além disso permite o estabelecimento de contratos a preço unitário – pontos de função – onde a unidade representa um bem tangível para o cliente. Esta modalidade possibilita uma melhor distribuição de riscos entre o cliente e o fornecedor.
  • Um fator de normalização para comparação de software ou para a comparação da produtividade na utilização de diferentes técnicas. Diversas organizações, como o ISBSG, disponibilizam um repositório de dados de projetos de software que permitem a realização de benchmarking com projetos similares do mercado.

Fonte: Métricas de Software – Agência Estadual de Tecnologia da Informção – Governo de Pernambuco.

Nascido em salvador, mas residindo atualmente em São Paulo-SP e Rio de Janeiro-RJ. É graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

ScrumMaster Certificado pela Scrum Alliance

No dia 07 de dezembro fiz o curso oficial da Scrum Alliance com o Michel Goldenberg (CST). Além dos conceitos básicos do Scrum ele também falou sobre técnicas utilizadas para auxiliar a implantação do Scrum. O Curso foi muito interessante e proveitoso.

Ontem realizei a avaliação do curso e o resultado foi o seguinte:

Thank you for taking the CSM Course Evaluation

Congratulations! You are now a Certified ScrumMaster. Your high score indicates a solid understanding of the basics of Scrum. As you continue to study and begin to practice Scrum on your own projects, be sure to send us articles about how it went and to read about what others are doing to overcome common obstacles. You’re well on your way to becoming a Certified Scrum Professional!

CSM Course Evaluation Results:

Overall: 91%
Scrum Terminology: 92%
Scrum Principles: 85%
Scrum Practices: 92%

Certification #: 123186
Evaluation Completed on 01/16/2011

CSM

Nascido em salvador, mas residindo atualmente em São Paulo-SP e Rio de Janeiro-RJ. É graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

Engenheiro de Software, finalmente!

Depois de 01 ano e meio de aulas, trabalhos e estudo, finalmente conclui a minha especialização em Engenharia de Software.

Foram muitas matérias: Análise e Projetos de Sistemas Orientados a Objetos, Arquitetura de Software, Padrões de Projeto, Engenharia de Requisitos, Linhas de Produtos de Software, Programação Orientada a Aspectos, Reuso de Software e Componentes, Ferramentas e Ambientes de Desenvolvimento de Software, Qualidade de Software, Gerencia de Conhecimento, Inspeção e Teste de Software, Manutenção e Reengenharia de Software, Gerência de Projetos, Engenharia de Software Experimental, Metodologia de Pesquisa.

Apesar do grande número de matérias, a parte mais trabalhosa porém, foi o artigo de conclusão do curso. Escrevemos sobre “Métodos automatizados para detecção de Bad Smells”, um estudo sobre a aplicação e sugestão de algoritmos para a detecção de forma automática de Bad Smells em código-fonte de softwares. Além de escrever o artigo, foi necessário também o desenvolvimento de um complemento (Add In) para Visual Studio 2010, utilizando os métodos sugeridos, para validar o estudo em experimentos.

Ao contrário do que muitos podem pensar, o maior problema deste trabalho não foi a implementação da ferramenta em si, mas descobrir como funcionava a API de Extensibilidade da IDE da Microsoft; muito pouco explorada e com pouca documentação disponível.

Agora que conclui este objetivo, só resta descobrir qual o próximo passo a ser dado: certificação em Gestão de Projetos (PMP)?

Nascido em salvador, mas residindo atualmente em São Paulo-SP e Rio de Janeiro-RJ. É graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).