Arquivo da tag: Windows XP

Como Instalar o Windows ou Linux a partir de um pendrive?

 

Problema: Instalar o Sistema Operacional em um computador (pessoal, notebook, netbook) que não tenha unidade de disco óptico.

Solução: Será necessário criar um pen drive “bootáveis”. Para isso, será necessário ter o arquivo ISO com a imagem do DVD de instalação do Windows ou Linux, um pen drive com capacidade suficiente para colocar os dados do DVD (aproximadamente 4GB), e o aplicativo gratuito Universal USB Installer.

O Aplicativo é muito simples de utilizar, você deverá selecional o nome do Sistema Operacional que vai utilizar, selecionar o endereço do arquivo ISO, e colocar o Pen drive para que o aplicativo possa formatá-lo, copiar os dados do DVD e criar o setor de boot necessário para a inicialização do sistema operacional.

Universal USB Installer Steps

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

Como reinstalar o Windows sem o CD de Drivers do computador

Você tem um computador que está precisando formatar o HD e reinstalar o Windows XP, mas infelizmente não sabe onde foi parar o CD de instalação dos Drivers que veio com o computador? Calma! Você não precisa sair procurando e fazendo o download de cada um dos drivers na internet! Você só precisa do DriverMax!

Geralmente, quando você compra um computador, você recebe um CD com os drivers da Placa de Vídeo, Placa de Rede, Placa Mãe, Placa de Som e etc. Sem estes drivers você não consegue configurar o computador. Só que após alguns anos com este computador, se você não for uma pessoa organizada, provavelmente irá perdê-lo. E o pior, a loja como não vende mais este equipamento, não terá este CD para te fornecer.

Para solucionar este problema, você iria usar um programa que reconhecesse cada placa, ou abriria o computador para realizar esta tarefa manualmente. Depois de identificar cada dispositivo, você teria que ir a página dos fabricantes procurar e realizar o download dos drivers.

O DriverMax permite que você realize o Backup de todos os drivers que estão instalados no computador, possibilitando que você restaure-os após a instalação do novo sistema operacional.

A sua utilização é muito simples. Clicando no botão “Backup Drivers” ele irá salvar os Drivers em um local escolhido por você (um Pendrive, por exemplo). Depois que você reinstalar o Windows, é só instalar o DriverMax e escolher a opção "Restore Drivers From Backup".

Conhece uma ferramenta melhor? Open Source? Então não se esqueça comentar!

drivermax

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

O que é o wfcrun32.exe?

wfcrun32.exe é um processo que pode ser responsável pelo uso excessivo do processador. É um processo associado com o cliente ICA pertencendo ao pacote de aplicação Citrix. O wfcrun32.exe não deve ser removido enquanto a aplicação da Citrix estiver sendo executada.

O processo é considerado seguro, desde que você tenha o pacote de aplicação citado instalado em sua máquina. Caso este não seja o seu caso, realize uma verificação em seu sistema utilizando o antivírus de sua confiança.

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

O que é o conhost.exe?

Você alguma vez ficou em dúvida do que seria o arquivo conhost que aparece na lista de tarefas em execução de seu gerenciador de tarefas? Neste artigo nós tentaremos te explicar o que ele é e para que ele serve.

Conhost.exe faz parte do sistema operacional Windows, foi desenvolvido pela microsoft Corporation. É um arquivo marcado como oculto e do sistema. Conhost.exe costuma estar localizado na pasta %SYSTEM% com um tamanho de 270,848 bytes.

O processo conhost.exe corrige (Console Window Host) um problema fundamental na maneira como as versões anteriores do Windows tratam as janelas do console, este modo de operar fazia com que a função Drag & Drop não funcionasse corretamente no Windows Vista.

De forma resumida, há um problema com a maneira como o processo do console funciona em versões anteriores do Windows: eles são todos hospedados no arquivo de serviço csrss.exe (Client Server Runtime Process). Este processo funciona como privilégios de administrador, podendo permitir que um usuário se utilize de alguma falha para através dele executar comandos para danificar ou ganhar acesso a área sensíveis do sistema e do HD, podendo assim executar programas e acessar informações sigilosas.

Se você observar o prompt de sistema do Windows XP, observará que a janela não utiliza nenhum tema, pois o processo CSRSS não tem a capacidade de ser personalizado com temas. Já no Windows Vista, você observará que apesar da janela aparecer com um outro estilo, as barras de rolagem mantem o aspecto antigo do Windows XP.

No Windows 7, este problema foi corrigido pelo conhost, que faz a ligação entre o csrss.exe e o cmd.exe: você deve ter percebido que a partir desta versão, você começou a conseguir arrastar textos para a janela do console utilizando a função “Drag & Drop”. Isto funciona algumas vezes de forma incorreta devido a problemas de segurança entre o CRSS e os níveis de acesso.

Portante, o conhost.exe é um arquivo executável absolutamente legítimo, contanto que esteja funcionando a partir da pasta system32, e seja assinado pela Microsoft. Caso ainda não esteja confiante, certifique-se de que este arquivo não é um virus fazendo uma varredura com um anti-vírus.

Via: HowToGeek

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

Prevenção de Execução de Dados, Desativando o DEP

Outro dia fui tentar acessar o site do Banco do Brasil para pagar algumas contas, quando me deparei com um erro que nunca havia visto antes:

Clicando no botão “Fechar Mensagem”, é exibida mensagem “O Internet Explorer fechou esta página da web para ajudar a proteger o computador”:

Tentei reiniciar o computador algumas vezes e não resolveu nada. Procurei na internet sobre “Alerta de Prevenção de Execução de Dados” e não encontrei nada que me ajudasse.

Achar coisas úteis na internet nem sempre é tão fácil como encontrar Revista Info para download em blogs. Então, comecei a vasculhar os arquivos de ajuda do Windows, foi aí que comecei a solucionar o problema:

Compreendendo a prevenção de execução de dados

A prevenção de execução de dados (DEP) é uma nova tecnologia da microsoft que ajuda a impedir danos causados por vírus e outras ameaças de segurança que atacam ao executar um código mal-intencionado de locais da memória que somente o Windows e outros programas devem usar. Esse tipo de ameaça causa danos ao assumir um ou mais locais da memória em uso por um programa. Depois, ele se espalha e prejudica outros programas, arquivos e seus contatos de e-mail.

Ao contrário de um firewall ou um programa antivírus, a DEP não ajuda a impedir que programas prejudiciais sejam instalados no computador. Em vez disso, ela monitora seus programas para determinar se eles usam a memória do sistema com segurança. Para isso, o software DEP trabalha sozinho ou com microprocessadores compatíveis para marcar alguns locais “não executáveis” da memória. Se um programa tenta executar um código — mal-intencionado ou não — de um local protegido, a DEP fecha o programa e notifica você.

A DEP pode obter vantagens do suporte para software e hardware. Para usar a DEP, o computador deve executar o Microsoft Windows XP Service Pack 2 (SP2) ou posterior, ou o Windows Server 2003 Service Pack 1 ou posterior. O software DEP sozinho ajuda na proteção contra ataques de determinados tipos de códigos mal-intencionados, no entanto, para obter todas as vantagens da proteção que a DEP pode oferecer, o seu processador deve oferecer suporte para “proteção de execução”. Esta é uma tecnologia baseada em hardware criada para marcar locais da memória como não executáveis. Se o seu processador não oferece suporte para a DEP baseada em hardware, é aconselhável atualizar o processador para um que ofereça recursos de proteção de execução.

É seguro executar um programa novamente se a DEP o fechou?

Sim, mas somente se você deixar a DEP ativada nesse programa. O Windows pode continuar a detectar tentativas para executar código de locais protegidos da memória e ajudar a impedir ataques. Nos casos em que um programa não funciona corretamente com a DEP ativada, você pode reduzir os riscos de segurança obtendo uma versão do programa compatível do editor do software. Para obter mais informações sobre o que fazer depois que a DEP fecha um programa, clique em Tópicos relacionados.

Como posso informar se a DEP está disponível em meu computador?

Para abrir Propriedades do sistema, clique em Iniciar, aponte para Configurações, clique em Painel de controle, em Desempenho e manutenção e, em seguida, clique em Sistema.
Na guia Avançado, em Desempenho, clique em Configurações. Clique na guia Prevenção de execução de dados.

Observação

Por padrão, a DEP só é ativada em serviços e programas essenciais do sistema operacional Windows. Para ajudar a proteger mais programas com a DEP, selecione Ativar a DEP para todos os programas e serviços, exceto os que eu selecionar.

Legal, Já sei tudo sobre DEP. Mas como isso vai me ajudar a abrir o meu site do Banco do Brasil? NÂO VAI!

Vasculhando mais ainda, consegui descobrir que o DEP pode funcionar de duas formas:

  • OptIn: Você escolhe os programas que não serão monitorados pelo DEP. Todos outros programas que não estão na lista serão monitorados.
  • OptOut: Você escolhe os programas que serão monitorados pelo DEP. Todos outros programas que não estão na lista não serão monitorados.

Após selecionar as duas opções, o site não funcionou. Foi aí que tentei descobrir uma forma de DESATIVAR o DEP, e consegui finalmente pagar as contas.

Então se você quiser desativar o DEP, siga os passos:

Abra o arquivo C:boot.ini, ele está invisível e protegido contra gravação. Antes de modificá-lo, Remova a proteção “Somente Leitura” (clicando com o botão direto, e selecionado propriedades), e faça uma cópia de backup.

Ao abrir o arquivo será exibido o conteúdo parecido com este:

[boot loader]
default=multi(0)disk(0)rdisk(0)partition(1)WINDOWS
[operating systems]
multi(0)disk(0)rdisk(0)partition(1)WINDOWS="Microsoft Windows XP Professional" /noexecute=AlwaysOff /fastdetect

Como pode ser visto, existe um comando chamado /noexecute=AlwaysOff, este comando desliga o DEP. Antes de modificá-lo o meu arquivo tinha o comando /noexecute=OptIn. Mas é possível que o seu arquivo não tenha este comando, então você deve inseri-lo.

OBSERVAÇÃO: CUIDADO AO REALIZAR ESTA MODIFICAÇÃO, O WINDOWS PODERÁ NÃO INICIAR CASO ALGO ERRADO SEJA ESCRITO NESTE ARQUIVO. ENTÃO, LEMBRE-SE DE TER UM DISCO DE BOOT, E O BACKUP DO ARQUIVO “BOOT.INI”.

Salve o arquivo “boot.ini” e reinicie o computador. Pronto, felizmente ou infeliz, você já pode pagar a suas contas.

OBS: Descobri que o módulo de segurança do BB (ou o Java Virtual Machine) é que estava causando o problema com o DEP. Mesmo inserindo ele na lista de exclusão do DEP, continuou sem funcionar. Tive que manter o DEP desativado.

Referências:

Site da Microsoft: What is Data Execution Prevention

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).